• http://www.aveiro.com.pt

Diretório de Empresas


Publicite Aqui

Visitas

HojeHoje306
Esta SemanaEsta Semana1165
Este MêsEste Mês16193
TOTALTOTAL1017498
Statistik created: 2019-11-19T02:49:25+00:00
Rádio TerraNova
Notícias
  • Agrovouga abre na quarta-feira ao público.
    Seg, 18/11/2019 - 17:43

    O Parque de Feiras e Exposições de Aveiro recebe de quarta-feira a domingo (20 a 24 de novembro), a Agrovouga.

    A sessão de inauguração do evento e abertura de portas está marcada para as 17h00 do dia 20 de Novembro, com a presença da Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque.

    Para o primeiro dia, sublinha-se ainda a realização de uma Conferência para profissionais sob o tema, “Eco Sustentabilidade no Setor Leiteiro – Uma perspetiva de custo eficiência”, que tem o seu início marcado para as 10h30 e que antecede a abertura ao público em geral.

    Todo o Programa pode ser consultado no site da autarquia.

    Categoria: 



  • GNR: Mulher identificada por comércio de pescado impróprio para consumo na Costa Nova.
    Seg, 18/11/2019 - 17:30

    A GNR apreendeu 715 quilos de pescado e identificou uma mulher de 42 anos, "pela prática do crime contra a genuinidade, qualidade ou composição de géneros alimentícios", na Costa Nova.

    "No âmbito de uma denúncia relativa à venda de pescado impróprio para consumo no mercado", a GNR foi ao local "tendo verificado a existência de pescado com sinais visíveis de putrefação e junto com produtos hortícolas em decomposição, numa banca para venda ao público".

    No decorrer da fiscalização, "ainda foi possível apurar que a comerciante não dispunha de qualquer identificação de informação ao consumidor, nem qualquer documento que garantisse a rastreabilidade do pescado, e que ainda detinha pescado numa viatura, e numa câmara de refrigeração, nas mesmas circunstâncias".

    Após inspeção higiossanitária efetuada pela Veterinária Municipal, "o pescado foi dado como impróprio para consumo humano".

    Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Aveiro.

    Tópicos: 

    Categoria: 



  • Nove estufas de canábis 'anuladas' em Gaia e Santa Maria da Feira.
    Seg, 18/11/2019 - 15:49

    A PJ anunciou, esta segunda-feira, que apreendeu "tonelada e meia de liamba" produzida em dois armazéns industriais com nove estufas. Um dos espaços, entretanto abandonado, funcionava em Santa Maria da Feira e outro, desmantelado na última sexta-feira, em Vila Nova de Gaia.

    Em conferência de imprensa, o coordenador de investigação criminal na PJ do Porto, declarou que os cerca de 5.300 pés de plantas de canábis sativa apreendidos nas estufas da Feira (distrito de Aveiro) e Gaia (Porto), equivalem a cerca de "uma tonelada e meia de liamba" e que a droga apreendida se destinava, principalmente, à Alemanha, França, Inglaterra, Holanda e Bélgica.

    Segundo Avelino Lima, este ano tem "sido anómalo" na produção ilegal de liamba em larga escala, tendo levado a PJ a abrir este ano "seis investigações autónomas no grande Porto, três na comarca da Maia e três da comarca do Porto". Em todos os casos, os suspeitos envolvidos são asiáticos.

    A causa para justificar esta tendência poderá estar relacionada com as condições climatéricas de Portugal.

    "Este ano tem sido anómalo deste tipo de realidade de produção de liamba desta dimensão. Tem sido um ano anómalo. O normal era identificar pequenas situações de produção, até em campos, isto em estruturas empresarias, com um grande armazém, onde existiam nove estufas autonomizadas (...), não temos paralelo em termos históricos desta realidade que nós estamos a identificar", declarou, acrescentando que Portugal tem condições climatéricas, "de exposição solar, humidade e tudo o mais, que privilegia isto".

    Avelino Lima acrescentou ainda que Portugal é atualmente um país "atrativo" para a produção de droga para fins terapêuticos.

    "As empresas que se dedicam legalmente a esta produção para fins medicinais também procuraram Portugal para esse efeito", indicou.

    Os cerca de 5.300 pés de plantas apreendidos encontravam-se em "diferentes estados de crescimento, divididos em nove estufas autonomizadas, com sistemas de aquecimento, extração de ar e ventilação, num processo "altamente sofisticado de produção" e de "acondicionamento em vácuo", para posterior exportação por uma "organização asiática" que se dedicava à produção em larga escala de liamba.

    Segundo Avelino Lima, a PJ além de ter desmantelado a organização criminosa, com o apoio da Europol, deteve também uma mulher de 42 anos e um homem tem 47 anos, ambos cidadãos de "nacionalidade de um país asiático", que ficaram com a medida de coação de prisão preventiva.

    O homem vai aguardar o desenrolar do processo judicial na prisão de Custoias e a mulher foi para a prisão de Santa Cruz do Bispo.

    "O homem é residente em Portugal há cerca de 20 anos" e referiu, à Judiciária, que tinha como profissão ser "empregado de mesa" e a mulher estava legalizada em Espanha e, por isso, com acesso ao espaço Schengen.

    A forma como foi feita a apreensão da liamba -- com as plantas em várias fases de crescimento -, torna difícil saber qual o valor no mercado, mas Avelino Lima considerou que teria um valor de "largos milhares de euros".

    A PJ tem uma "forte convicção" de que estaria a haver furto de eletricidade à EDP, porque aquele negócio "obriga a consumos muito elevados", para as estufas.

    A PJ acrescentou ainda que as pessoas que recebiam a droga enviada do Norte de Portugal eram igualmente indivíduos de países asiáticos, designadamente chineses, tal como as pessoas que foram detidas e que alegadamente mantinham a organização criminosa agora desmantelada.

    A investigação policial, que arrancou há dois meses, foi originada por uma exportação de uma encomenda de liamba com cerca de 10 quilos para a Alemanha que seguiria por correio especial das empresas, como por exemplo a FedEx ou a Chronopost.

    "Temos várias encomendas apreendidas e as quantidades rondam sempre os oito a 10 quilos de liamba", acrescentou.

    As plantas apreendidas vão sofrer o processo de qualquer droga, ou seja, depois do seu exame, serão destruídas num prazo de cinco dias.

    Segundo a PJ, a organização criminosa "investiu bastante [dinheiro] a montar a estrutura toda, investiram mesmo muito dinheiro. Tem tudo o que é necessário para fazer uma produção altamente profissional e, até, empresarial".

     

     

     

     

     

     

    Fonte: Lusa

    Categoria: 



  • Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento (ENEG 2019) começa amahã em Ílhavo.
    Seg, 18/11/2019 - 15:12

    O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, e a Secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa, vão presidir às sessões de abertura e de encerramento do Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento (ENEG 2019), este ano em Ílhavo.

    O maior evento do setor da Água e do Saneamento em Portugal é organizado pela Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA) e acontece este ano no Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, já a partir desta terça-feira e até dia 22 deste mês.

    'A Água em Portugal na Próxima Década | Roteiro para 2030' é a temática do ENEG 2019 que mobiliza mais de 600 participantes de todo o país e estrangeiro, assumindo-se como "a maior e mais representativa" Conferência e Expo do setor da água a nível nacional.

    A empresa Águas da Região destaca essa presença em Ílhavo e revela que é uma forma de valorizar todo o trabalho desenvolvido. (com áudio)

    O Programa inclui Palestras, Comunicações Livres, Mesas Redondas e um Debate, bem como a maior Exposição de equipamentos e serviços do setor, a ser inaugurada pelo Ministro do Ambiente e da Ação Climática.

    Fernando Vasconcelos, administrador da AdRA, realça o investimento neste setor e a qualidade do serviço prestado. Na agenda está o debate sobre a manutenção da sustentabilidade dos sistemas. (com áudio)

    Na região assinala a modernização de sistemas com a renovação de contadores que tem sido feita ao longo dos últimos anos. (com áudio)

    Fernando Vasconcelos no lançamento do encontro sobre o setor das águas e saneamento, este ano, em Ílhavo.

     

    Categoria: 



  • Câmara de Ílhavo, PRIO Energy e Universidade de Aveiro estão entre as entidades distinguidas com a marca “Entidade Empregadora Inclusiva”.
    Seg, 18/11/2019 - 11:42

    Câmara de Ílhavo, PRIO Energy e Universidade de Aveiro estão entre as entidades distinguidas com a marca “Entidade Empregadora Inclusiva”.

    A cerimónia pública de entrega da Marca “Entidade Empregadora Inclusiva 2019”, organizada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, realizar-se-á em Coimbra, no dia 9 de dezembro.

    Ílhavo é, pela segunda vez, distinguida pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional com a Marca “Entidade Empregadora Inclusiva”, edição de 2019.

    Com uma periodicidade bianual, a edição deste ano contou com 112 candidaturas, sendo a Câmara Municipal uma das 28 entidades que vê reconhecidas as suas práticas inclusivas quanto à integração de pessoas com deficiência e incapacidade.

    O júri distinguiu o papel da Autarquia na implementação de medidas que potenciam um mercado de trabalho inclusivo e se distinguem por práticas de referência nas áreas do recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional; da manutenção e retoma do emprego; das acessibilidades; e do serviço e relação com a comunidade.

    Categoria: 



  • Ílhavo: Assembleia Municipal aprova Plano e Orçamento.
    Seg, 18/11/2019 - 10:47

    Plano e Orçamento da Câmara de Ílhavo aprovados, por maioria, com votos favoráveis da bancada do PSD, abstenção de dois deputados e votos contra da bancada do PS.

    A oposição diz que a Câmara de Ílhavo está a falhar na concretização de objetivos como a conclusão da rede de saneamento mas da bancada da maioria ouve-se a defesa de um modelo que, segundo os sociais democratas equilibra redução da carga fiscal e manutenção do investimento público.

    A maioria lançou o ataque à oposição do PS por entender que exige no concelho o que não cumpre no país.

    Flor Agostinho diz que falta coerência quando não valoriza a redução da dívida e da carga fiscal reclamada durante anos (com áudio)

    O orçamento está fixado em 29,8 milhões de euros, com subida de 9% em relação a 2019 e com 17,9 milhões de euros para investimentos com destaque para reabilitação urbana.

    A bancada do PS realçou questões como a reabilitação urbana e as redes de saneamento como lacunas a corrigir.

    Pedro Martins esclarece que a ADRA assume o investimento em saneamento e reclama maior compromisso da autarquia em reabilitação.

    "É preciso é estar atento para melhorar aquilo que é o ambiente urbano, comcretamente na Gafanha da Nazaré, sem esquecer as restantes freguesias".

    Hugo Lacerda, do PS, questionou, ainda, a falta de investimento e falta de aproveitamento dos canais da ria no turismo como maior símbolo natural e cultural do concelho (com áudio)

    Do BE chega, mais uma vez, uma visão com alguns elogios à maioria.

    Ricardo Santos afirma que aos poucos a autarquia vai conseguindo responder aos anseios da população em elementos estruturantes como o saneamento.

    Notou atrasos no processo mas saudou o avanço das obras na Gafanha de Aquém e Gafanha da Encarnação.

    "Ílhavo atrasou infraestruturas importantes mas a meio do mandato parecem iniciar-se obras que queríamos ver concluídas. Estas e outras medidas são importantes. Queremos parabenizar a câmara". 

    Fernando Caçoilo recorreu ao reequilíbrio financeiro para falar em sucesso na forma como tem sido possível manter investimento e qualificação urbana, programas culturais, redução da dívida e alívio da carga fiscal.

    Na gestão financeira, a autarquia assume como meta chegar ao final de 2020 com uma divida bancária de 4,6 milhões de euros.

    “Rigor e realismo” são as palavras repetidas por Fernando Caçoilo para falar dos documentos (com áudio)

    No pacote fiscal, com redução do IMI, aprovação por maioria, com 15 votos, favoráveis e 9 abstenções.

     

     

    Categoria: 



  • Gafanha da Nazaré: Obras de reabilitação na Rua Comendador Egas Salgueiro em fase de arranque.
    Seg, 18/11/2019 - 10:23

    Estaleiro instalado e arranque de obra confirmado para fechar o arranjo de uma via estruturante na circulação na Gafanha da Nazaré no acesso ao Cruzeiro.

    A Câmara de Ílhavo dá inicio às obras na requalificação da Rua Comendador Egas Salgueiro, na Gafanha da Nazaré, no arruamento entre a via de cintura portuária e a antiga escola da Chave, via fundamental no acesso do miolo urbano às áreas industriais do porto de Aveiro e terminal bacalhoeiro.

    Investimento de cerca de 100 mil euros e um prazo de 60 dias para regenerar a via, através de repavimentação, pintura de sinalização rodoviária, construção de passeios e reabilitação de espaço público, nomeadamente com a construção de um Largo em zona envolvente.

    Este troço não tinha sido intervencionado no decorrer da empreitada de saneamento por já conter redes mas estava degradado e à espera de uma qualificação.

    A autarquia que tem sido alertada para a importância da reabilitação urbana já veio a público dizer que esta é “mais uma ação determinante para a requalificação da Gafanha da Nazaré”.

     

    Categoria: 



  • Andebol: São Bernardo vence Sismaria e mantém segundo lugar na II divisão.
    Seg, 18/11/2019 - 10:09

    O São Bernardo mantém o segundo lugar na zona 2 da II divisão nacional de andebol.

    Venceu o Sismaria, por 27-23, e continua na perseguição ao líder Sanjoanense que bateu o Mafra por 18-35.

    O Estarreja ganhou ao Benavente e também segue entre os primeiros na corrida pelo apuramento para a fase final.

    Quanto ao Alavarium ganhou à Juve Lis por 22-26.

     

    Categoria: 



  • Presidente do Novo Banco apresenta estudo sobre economia da região.
    Seg, 18/11/2019 - 10:02

    O Presidente da Comissão Executiva do Novo Banco, António Ramalho, dedica o dia à cidade e região de Aveiro.

    No dia em que assina acordo para a disponibilização de obras do pintor holandês Adriaen Van der Salm (c. 1660 – 1720), ao Museu de Santa Joana, reúne também com meios de comunicação para falar da economia regional.

    Vai falar sobre um estudo exclusivo sobre o desenvolvimento económico da região entre Aveiro e o sul do Porto que enquadra o projeto “Novo Banco Summit Aveiro – Os Nossos Campeões” que se realiza já amanhã, no Europarque, em Santa Maria da Feira.

    Quanto à questão cultural, trata-se da iniciativa “Arte & Cultura Partilham-se” com abertura esta segunda, às 18h00, de uma exposição de obras de um pintor holandês sobre a marinha.

     

    Categoria: 



  • Bruno Coimbra exige “respostas e intervenção imediata” no Centro de Saúde de Albergaria.
    Seg, 18/11/2019 - 09:56

    Bruno Coimbra exige “respostas e intervenção imediata” para resolver degradação das condições de funcionamento e dos cuidados de saúde prestados no concelho de Albergaria-a-Velha.

    Os Deputados do PSD eleitos pelo distrito de Aveiro questionam ministra da Saúde sobre “degradação” das condições daquela unidade.

    As recentes infiltrações de água foram o mote para as visitas e apelos de deputados de diferentes bancadas.

    Bruno Coimbra, deu voz a esta situação sublinhando que “é por demais evidente que o Centro de Saúde de Albergaria-a-Velha não proporciona condições mínimas aos profissionais que ali trabalham, nem oferece um atendimento digno e humanizado aos utentes do Serviço Nacional de Saúde que a ele recorrem.”

    Os deputados interpelantes alertam para o facto do “estado do Centro de Saúde tem-se agravado substancialmente nos últimos anos” lembrando que isso “obriga os doentes que ali deveriam poder recorrer a terem de se deslocar para as urgências do Hospital de Aveiro, unidade que, consabidamente, se encontra sobrelotada”.

    Salientam ainda que “para essa indesejável situação contribui também o facto de diversas extensões e polos de saúde do Centro de Saúde de Albergaria-a-Velha não terem um número suficiente de profissionais de saúde – especialmente de médicos – ao serviço das populações, circunstância que dificulta o acesso destas aos cuidados de saúde de que necessitam.”

    Bruno Coimbra que visitou o Centro de Saúde e denunciou as suas condições durante a recente campanha eleitoral, acusa agora o Partido Socialista de fazer “proclamações inconsequentes, quando a realidade do Centro de Saúde de Albergaria-a-Velha é o abandono e a falta de condições mínimas de segurança a que está votado pelo governo do mesmo Partido Socialista”.

     

     

    Tópicos: 

    Categoria: 



Font changer Font changer Font changer

Notícias

Concelhos

Publicite Aqui

Webfeel